terça-feira, 26 de junho de 2012


O  calor aperta e inevitavelmente a palavra FÉRIAS começa a tomar sentido,
Um pouco de praia,  refrescando-me nas águas cristalinas , em qualquer uma das belas praias que existem no nosso País
E porque não, uns dias passeando pelas lindas calmas e verdejantes paisagens do Norte do País  à descoberta de um cantinho onde reine o silêncio e a frescura da Natureza.
Tudo isso vai fazendo sentido no meu plano de férias , mas….. há uma coisa que não estava de todo nos meus planos, e a verdade é que prometeram e cumpriram.

Claro que fico aborrecida, foi-me retirada uma  Regalia Social , devido à má orientação Política  de constantes Governos, que nunca se interessaram  e preocuparam pelo Sistema Social do País.
Mas pensando razoavelmente, o que é a falta do subsidio de férias comparando com casais que repentinamente ficaram sem os seus empregos, ou ainda os jovens que diariamente tentam uma chance no mercado de emprego, para fazer face à sua Vida e projetar um futuro.
 São as evidências com que temos que nos debater , resta-nos  têr Esperança que dias melhores virão.

4 comentários:

Naná disse...

O que é facto é que os direitos adquiridos de muitos durante longos anos de trabalho árduo são agora roubados, por conta da vida "acima das possibilidades" das classes políticas que estiveram na (má) gestão do nosso país.
E isso é tudo menos justo... e muito menos o é, quando uns fazem o sacrifício e outros nem tanto assim...

Maria disse...

Arco Íris, os meus sogros também ficaram os dois sem subsidio de férias e de natal, e tenho vários amigos e familiares nessa mesma situação. Custa, claro que custa e mesmo que comparado com situações como a minha ( que vou ficar sem emprego já esta semana), é claro que não é a mesma coisa, mas não quer dizer que as pessoas não se sintam mal por ficarem sem uma parte integrante do dinheirinho e que nestes meses tanto de natal como de férias, lhes dava muito jeito. Não é nada justo. Mas estas políticas deste governo que não olha a meios para agradar à Troika e à Merkel de justo ñada têm e só vão agravar cada vez mais a situação do nosso já tão miserável pais.

AvoGI disse...

Amiga
achas memso que melhores dias virão?
eu vou de ferias daqui adias mas para o Porto que é onde tenho casa, e filho
kis :=)

Pérola disse...

Este tema não é pacífico.
O desemprego é o que mais meaflige. O querer trabalhar e não arranjar nada. Só passando pela situação. Os outros direitos adquiridos são pouco relevantes comparados com o direito a ter trabalho e vida digna.
Um beijo.