terça-feira, 19 de junho de 2012



recados orkut,recados para orkut,recados de orkut,recados animados




Como diz o velho ditado Português  “ NÃO HÁ FOME QUE DÊ  EM FARTURA” e foi o que me aconteceu em relação a laços matrimoniais ,ou seja casamentos.
Eu sabia que tinha um  no dia 8 de Julho , agora este fim de semana receber a participação de outro, para o dia 9 de Setembro, confesso que tive que digerir a situação, este era o Ano que de todo não  me apetecia ir para casamentos,mas não havia ou não há alternativa, é ir e pronto.
De vez em quando …gosto de ir a um casamento, reconheço que é um DIA ESPECIAL.
 Para os Noivos que conscientemente  juram amor para a vida eterna, que nunca se vão zangar, que vão distribuir afetos e conviver com os familiares de ambas as partes, , que vão têr filhos bonitos, educá-los para   não  fazerem birras,  sim porque os deles não vão sêr como os da amiga x ou do amigo y,.
Já  até  estão a contar com o  dinheirinho para a tão desejada Lua de Mel,a crise também é o menos importante, o amor deles vai superar tudo.
Os pais também estão Felizes….é verdade que o pé de meia sofreu um arrombo, mas é sempre bonito casar uma filha)o e depois é o objetivo de serem avós, caramba já estão fartos de ouvirem os amigos falarem dos netos, também eles querem dizer ….
É um bébé fantástico, tão pequenino, e já faz tanta coisa…vai sêr inteligente.
E, depois há os convidados…. ( não ponho em causa a relação de amizade ) mas…já que contribuíram para a prenda, e agora o (Euro troca-nos as voltas), vamos lá tirar partido deste dia, e o que podemos fazer comer….comer….
No meu caso pessoal , como pouco almoço, para poder comer as sobremesas, as sobremesa pouco as como ,porque quero-me guardar para a tábua de queijos , depois  ainda tem que haver um bocadinho para o Bolo da Noiva, tanta comida à minha frente é um suplicio…se fosse para o outro dia!....
 Pois é também se pode dançar….sempre se queima  calorias, mas aí , tinha que mudar de marido e de calçado, não é bem que o marido não dance, mas sempre houve uma diferença na dança entre nós, ele é pesado a dançar (ou seja é pé de chumbo) e dança aos pulos, eu sou frágil, pequenina, adoro dançar ao som da música..
Depois há as toiletes  ,mas essa parte confesso que não vou estar preocupada….sinceramente, não me sinto com disposição para andar de loja em loja, veste, despe, veste….  e ainda com a contigência de vir neura que Nada me fica bem
Solução.
Há ano e meio fui a um casamento e arranjei uma fatiota que não diria que é um esplendor digo sim, que me sinto muito confortável, e como não há duas sem três, vão mesmo servir para os casamentos à vista, é só mudar de adereços.

Pode sêr que até lá me entusiasme mais um bocadinho, vou fazer por isso , até porque os pais dos noivos se fazem questão na nossa presença, ficamos gratos, desejamos que esse dia especial se prolongue por muitos anos com  Felicidade tanta para os Noivos, Pais e Familiares

5 comentários:

Maria disse...

Pois, os casamentos são assim mesmo, para a "engorda" e eu estou como tu Arco, o meu marido também não dança nada de jeito e eu que adoro dançar, mas no último casamento que fomos lá o convenci e fartou-se de dançar comigo, o pior foi no dia a seguir eu tinha os pés feitos num oito das pissadelas que ele me deu. ;)
Quanto à fatiota, desde que uma pessoas se sinta bem é o que interessa.

bjs

cila disse...

E a fechar todo esse ritual lá estão as máquinas apontadas e o sorriso para o "passarinho", para acrescentar ao album de recordações.

Beijinho
Cila

Tanita disse...

Felizmente para mim, este ano só tenho um baptizado em Agosto (para já). Bj**

Pérola disse...

Os casamento não devem ser fretes. São motivos de celebrar a felicidade dos amigos.
Quanto à fatiota, toma atenção porque ao comparares fotografias vais estar sempre parecida e podes não saber de quem é o casamento.
Háv estidos baratinhos que fazem um vistaço. Vêm aí os saldos, há que saber aproveitar.
Umbeijinho

Arco Iris disse...

PÉROLA, obrigada pela visita, pela sugestão e principalmente pelo comentário, penso que a diferença de opiniões é que nos dá um certo estimulo para andarmos aqui na blogesfera, sempre com o intuito da partilha em qualquer situação.
Talvez ainda não me conheças muito bem, mas este ano não tem sido o meu Ano mais positivo, tive alguns problemas pessoais e perdas que me deixaram abalada e um pouco triste.
E triste é o que eu não quero sêr....por isso até ao casamento claro que vou levantar a moral , para dançar com o meu pé de chumbo.
As toiletes vou sempre conhecer-me , pois os casamentos vão sêr os dois completamente diferentes um do outro, mas se calhar....com mais calma quem sabe se não irei tirar partido da tua ideia.
Bjs :))