sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O Laço e o Abraço ( Mário Quintana )


Meu Deus como é engraçado !
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço
Uma fita dando voltas....
 Enrosca-se mas não embola, vira , revira , circula e pronto: está dado o laço.
É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço
É assim que é o laço : um abraço no presente ,no cabelo,no vestido, em qualquer coisa onde o faço.
E quando puxo uma ponta , o que é que acontece ? 
Vai escorregando...devagarzinho , desmancha, desfaz o abraço,solta o presente, o cabelo fica solto no vestido.
E,na fita , que curioso, não faltou nem um pedaço.
Ah! Então é assim o amor, a amizade 
Tudo o que é sentimento.Como um pedaço de fita
Enrosca, segura um pouquinho , mas,    pode se   desfazer a qualquer hora, deixando livre as duas bandas do laço.
Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade
E quando alguém briga, então se diz : romperam-se os laços
E saem as duas partes , igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum pedaço.
Então o  amor e a amizade são isso....
Não  prendem ,  não  escravizam, não apertam , não sufocam
Porque quando vira  nó ,  já deixou de ser um laço!

6 comentários:

✿ chica disse...

Esse texto é muito lindo! Que teu fds seja assim ! bjs, chica

Cíntia Tavares disse...

Amo esta frase: "Quando vira nó, deixou de ser laço."
É simplesmente maravilhosa!
Define todas as coisas que dizem respeito ao bem querer, ao sentimento bom... Quem ama, quem gosta, não aperta, não sufoca, não prende!
Seu blog é maravilhoso...
Beijo grande!

Edumanes disse...

Lindo laço, muita emoção,
pensado nisso já tinha
recebi mesmo agora o teu abração
ao fim da tarde quase à noitinha!

Para ti esta rima escrevo,
para agradecer o teu abração
sei muito bem o que não devo
de ninguém magoar o coração!

Resto de bom domingo, um abração também para você.
Eduardo.

Su disse...

Muito bonito! Beijinhos

Tanita disse...

Eu também nunca tinha reparado, até ler este texto. Lindo!

Luana Margarida disse...

Olá,
Como é comum acontecer na internet, esse texto inspirador está publicado com a autoria errada.
Acho que seria uma delicadeza bem-vinda citar a verdadeira autora: Maria Beariz Marinho dos Anjos
Segue comentário que ela mesma fez em outro blog cujo autor cometeu o mesmo equívoco que você, com contato:

"Prezado Roberto ,escrevo para dizer que o texto O laço e o Abraço é de minha autoria e tenho como comprovar isso.Tenho 57 anos , sou psicóloga em Belo Horizonte e solicito que cite a autoria em seu blog.Qualquer dúvida pode fazer contato comigo no endereço mbmanjos@yahoo.com.br
Atenciosamente,
Maria Beariz Marinho dos Anjos"