quarta-feira, 9 de janeiro de 2013



A deputada do Partido Socialista Glória Araújo foi apanhada, no passado sábado, numa operação Stop da PSP na Rua Alexandre Herculano em Lisboa com 2,41 gramas de álcool por litro de sangue, sendo que o limite máximo permitido por lei é 1,2
Mesmo sendo uma cidadã comum não tinha desculpa, sendo a pessoa que é , com um cargo político a defender e ter que  dar  exemplo de cidadania,  é lamentável.
Tem todo o direito de festejar  o seu Aniversário, de apagar as velinhas, de beber aquilo que quiser…… Não tem o direito é de pegar numa máquina ( automóvel ) e conduzir….
Felizmente a operação stop talvez a tivesse retido a tempo,  de não prejudicar a vida de alguém .
Vamos a ver ,como mais um Político , vai sair deste filme.

6 comentários:

Maria disse...

Humm, cá para mim e visto que a dita senhora é política não lhe vai acontecer é nada, impunidade é o que mais há neste país para essa classe previligiada, já se fosse um simples cidadão de certeza que passava a noite na prisão, pagava uma multa pesada e ficava sem carta. Cada vez estou mais triste com as pessoas que deveriam representar o povo mas só fazem é roubar e não têm moral nem valores. :(


bjs e desculpe este desabafo.

Tanita disse...

Ilesa, sem que nada lhe aconteça como a todos os outros, infelizmente é assim o nosso país.

Pérola disse...

Deverá pagar a 'multita' e prontos.

Afinal somos todos humanos.

Deveriamos ser todos exemplares.

Um beijo

amiga da onça disse...

Vai sair como todos os outros, de fininho.

estrela disse...

de certeza que vai sair ilesa para variar!!!

Su disse...

Espero que lhe levantem a imunidade.
Ela que faça o que quiser com a vida dela, mas que não ponha em risco a vida dos outros.