quinta-feira, 5 de setembro de 2013


Vai passando de geração em geração, o ritual de depois de um bom banho, deliciarmo-nos com a famosa Bola de Berlim.
Assim   as recordo na minha infância, mais tarde a delicia das minhas filhas e, agora os netos  não dispensam o bolo redondinho .
Mas, como a Vida  é feita de mudanças, há sempre qualquer toque de originalidade, e alguma diferença.
.Estou pensando no tempo que por vezes se esperava pelo pregão a anunciar  “Olha a bolinha de Berlim….” Sinal que a vendedora que calcorreava a praia de uma ponta a outra, estava quase a chegar.
Hoje, a magia da espera já não existe, na medida em que há muitos vendedores, possivelmente um meio de fazer fase ao desemprego
E. depois , há quem recorra a outros meios para a venda não ser tão árdua (como a foto exemplifica) mas a Bolinha de Berlim com creme ou sem creme é sempre deliciosa.

5 comentários:

Laura disse...

É tão bom comer uma bola de berlim com creme na praia! Parece que sabem ainda melhor :)

Pérola disse...

Estas férias também não resisti ao som do pregão.

E sabem muito melhor que em outro lugar.

beijos

mmm´s disse...

É uma heresia não comer uma bola de Berlim na praia... chega a ser uma ofensa ao verão!

*C*inderela disse...

Só como bolas de Berlim na praia, sabem melhor aí :P

Maria disse...

Sim. São optimas e na pria atêm outro sabor ainda melhor, este ano comi umas quantas na praia. coisa mais boa. ;)


bjs